Please reload

Posts Recentes

Como a experiência do cliente fica melhor com marketing digital?

May 7, 2018

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

6 dicas importantes de como usar palavras-chave de cauda longa

August 26, 2017

 

 

O que é o conceito da cauda longa?

 

O termo “cauda longa” se popularizou com o artigo e posteriormente o livro de Chris Anderson, A Cauda Longa – Do mercado de massa para o mercado de nicho.

 

O termo virou uma forma de descrever e explicar a estratégia de atacar várias coisas com pouca demanda, ao invés de poucas coisas com muita demanda. Por exemplo: enquanto a Americanas vende vários itens populares, de alimentos até roupas, a Cacau

Show vende apenas chocolates e derivados.

 

 

6 dicas importantes de como usar palavras-chave de cauda longa

 
1. Fazer uma boa pesquisa
 

Antes de investir nas palavras-chave mais relevantes para a sua empresa, é fundamental que haja uma pesquisa dos termos que sejam relevantes para o seu negócio.

 

Por exemplo, na Resultados Digitais o uso da keyword “blog de Marketing Digital” não foi feito por acaso, e ajudou a posicionar o blog da empresa em primeiro no ranking de buscas do Google.

 

Existem boas ferramentas que podem ajudar nessa pesquisa, como Keyword Planner do AdWords, Keyword Tool e Ubersuggest.

 

Saiba mais sobre como escolher as melhores palavras-chave para brigar pelos resultados no Google.

 

A ferramenta Ubersuggest em especial é bastante eficaz para essa pesquisa. O que ela faz é aprimorar palavras-chave com outros termos e dar variações e sugestões das mesmas, aumentando seu leque de opções na hora de escolher uma keywordespecífica.

 
2. Usar seu Google Analytics e Search Console

 

Analisar o seu site por meio das ferramentas Google Analytics e Search Console dá uma boa noção de quais long tail keywords você pode começar a explorar.

Tanto a pesquisa interna do seu site quanto a externa são boas fontes de análise para você aprimorar sua otimização de palavras-chave de cauda longa.

Confira também 6 dicas para extrair mais do Google Analytics.

 
3. Usar sinônimos

 

O fato de pensar como se o seu consumidor fosse fazer a busca ajuda bastante a criar as long tails. Muitas vezes a palavra que você imagina serem as melhores podem ser buscadas como sinônimo pelo seu potencial cliente, então a dica é investir também em

sinônimos.

 

Você pode criar várias versões de palavras-chave de cauda longa trocando apenas algumas palavras que sejam ou sinônimas ou que levam a produtos ou serviços bem similares.

 

Exemplos:

  • tênis/calçado

  • notebook/laptop

  • emprego/trabalho

4. Equilíbrio no tamanho

 

O ideal é que essas palavras de cauda longa não sejam tão pequenas quanto “marketing” e nem tão grandes quanto “o que você deve prestar atenção no marketing em 2015”.

 

É recomendado o uso de ao menos 4 palavras-chave ou que elas tenham de 11 a 20 caracteres.

 
5. Produzir um conteúdo de qualidade
 

A questão aqui pode parecer que foge um pouco do tema palavras-chave de cauda longa.

 

Mas não se engane: de nada adianta escrever palavras-chave a esmo sem ter uma preocupação clara em responder as perguntas de seus visitantes. O Google, a cada atualização do algoritmo, valoriza mais e mais a qualidade do conteúdo.

 
6. Entrar na mente de seu consumidor/visitante

 

Pense em seu produto e esqueça que ele faz parte da sua empresa. Depois, imagine quais perguntas ou palavras-chave você deve fazer para encontrá-lo no Google.

 

Faça esse exercício como se você estivesse procurando uma solução para seu problema e encontrasse o seu próprio site nos resultados.

 

Conclusão

 

O uso correto das palavras-chave de cauda longa em Marketing Digital é fundamental para que seu site receba as visitas mais qualificadas e, assim, obtenha os melhores resultados.

 

É bom levar em consideração que o principal objetivo de usar as long tail keywordsnão é a de manipulação dos sistemas de busca para ranquear melhor o seu site, mas sim entender o que a sua audiência está buscando, quais questões ela quer solucionar e o que está pensando quando vai fazer uma busca pelo Google.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: ResultadosDigitais

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga