Dica de SEO: Explore a semântica no conteúdo


Como falamos em outro post, é importante otimizar sua página para uma palavra-chave para um melhor desempenho.


Porém existem outros fatores que ajudam o Google a entender o contexto do seu conteúdo e até a ranquear seu site para termos em que o conteúdo nem é otimizado.


Um exemplo é buscar no Google por i’m sorry dave. Wikipédia e IMDB estão entre os primeiros resultados, com a página sobre o filme 2001: Uma odisseia no espaço, porém as páginas não estão otimizadas para isso.


Isso ocorre porque o conteúdo da página está totalmente otimizado para o filme e a inteligência artificial do Google já sabe que, quando o usuário faz aquela busca, na verdade está buscando por esse filme.


Outro motivo para usar a semântica na produção de conteúdo é que fica mais fácil para o Google entender exatamente sobre o que você está falando.


Se você estiver fazendo um artigo sobre o Neymar, o Google com certeza sabe de quem você está falando.


Mas se for sobre o Ronaldo, qual deles é?


Se o texto explorar que era o camisa 9 da Seleção Brasileira, fez parte dos Galáticos do Real Madrid e é conhecido como Fenômeno, tanto você quanto o Google já sabem de quem o artigo fala.

Como fazer?


Identificando outras palavras na pesquisa de palavras-chave que podem compor o conteúdo, incluindo as pesquisas relacionadas apresentadas pelo Google, evitando a repetição de termos e incluindo sinônimos ao longo do conteúdo.

Fonte: Resultados Digitais

Posts Em Destaque