Webinar: o que é e como fazer um que gera resultados incríveis


Aprenda o que é um webinar, confira um passo a passo completo para fazer o seu e descubra como alavancar seus resultados.


Possivelmente você já ouviu falar (e até participou) de um webinar.


Um webinar nada mais é do que um seminário online, geralmente transmitido ao vivo, sobre um tema específico.


Webinar é também um ótimo formato de conteúdo para geração de Leads.


No caso de webinar ao vivo, a vantagem só aumenta: é um conteúdo que dificilmente sofrerá atrasos, uma vez que, assumido o compromisso de apresentá-lo, ele deverá acontecer de uma forma ou de outra.


Motivos implícitos:

  • É uma ótima forma de engajar diretores e outros especialistas da empresa que dificilmente conseguem alocar tempo para escrever no blog da empresa ou produzir outro tipo de conteúdo;

  • É um conteúdo que pode ser reaproveitado para dar origem a outros formatos: eBooks, posts no blog, infográficos, apresentações no SlideShare, podcasts etc.

A palavra “transmissão ao vivo” pode assustar um pouco algumas pessoas, mas garantimos que seguindo alguns passos a sua empresa pode ousar e ter um retorno bastante interessante por esse canal.


Os webinars podem ser usados para os mais diferentes propósitos:

  • Pode ser um webinar sobre um tema amplo para atrair e gerar Leads;

  • Um webinar sobre um tema mais avançado para avançar seus Leads no funil de vendas;

  • Uma demonstração ao vivo do seu produto (live demo) para converter Leads avançados em clientes;

  • Ou, ainda, um webinar focado para os seus clientes, com objetivo de relacionamento e retenção deles.

São as necessidades da sua empresa e a sua criatividade que irão determinar o tema a ser abordado. E para garantir o sucesso, vamos passar por todas as etapas da criação de um webinar:


Passo a passo para criar webinars de sucesso


Para facilitar, dividimos as principais atividades que englobam a criação de webinars ao vivo.


3 semanas antes


Definir o tema: obviamente o primeiro passo é definir sobre o que será o webinar. Faça uma avaliação das necessidades da sua empresa, analise qual tema seria interessante ser abordado e que traria resultados importantes.


Convidar os palestrantes: se você quiser a participação de alguma outra pessoa (que pode até ser de outra empresa), convide-a com antecipação para que ela possa reservar espaço na agenda.


Escolher a data: é sempre importante considerar detalhes como a proximidade com algum feriado (as pessoas podem se programar para viajar no horário da sua transmissão), se há algum evento importante nesse dia que possa competir com seu webinar e o melhor horário para o seu público estar online.


2 semanas antes


Criar o evento no YouTube Live: com essa ferramenta você pode montar o link da página de transmissão com bastante antecedência. Veja aqui como preparar uma transmissão ao vivo no YouTube.


Montar a Landing Page: para que as pessoas possam se inscrever no evento é preciso uma página de registro em que elas coloquem pelo menos o seu email para receber as próximas comunicações sobre o webinar. Essa é uma excelente opção para transformar visitantes do seu site em Leads. Não se esqueça de colocar nesta página todas as informações importante sobre o webinar. tema, horário, dia, etc. E seja bastante vendedor: se a oferta não parecer imperdível, não haverá conversão.


Enviar um email promocional: se você já tem uma base de Leads, prepare um email de convite para o webinar com todos os detalhes do evento e link para a Landing Page.


Divulgar nas mídias sociais: prepare chamadas nas mídias sociais convidando o público para o evento e direcionando para a sua Landing Page.


Preparar anúncios nas mídias pagas: caso tenha verba disponível para anúncios pagos, uma boa opção é criar anúncios em serviços como Google Adwords e Facebook Ads.


Colocar call-to-action no site: outra alternativa é criar CTAs no site da empresa, seja em banners ou em chamadas com links nos posts do blog, por exemplo.


7 dias antes


Acompanhar as inscrições: monitore quantos Leads já converteram e analise se há necessidade de reforçar algum dos canais de divulgação.


Preparar a apresentação: se você achar necessário, é legal montar um roteiro com o que será apresentado. Pode ser em tópicos, apenas para guiar suas falas e não deixar nenhum ponto importante de fora.


Subir a apresentação no SlideShare: caso use algum material de apoio como um PDF, é possível subir esse arquivo para estar disponível facilmente na hora da apresentação.


Enviar email para os Leads: uma boa prática para manter o webinar na mente dos inscritos e garantir a sua participação é enviar um email “lembrete” reforçando a data e o horário da transmissão. Aproveite a mensagem para enviar algum material sobre o tema para ir aquecendo os espectadores, como um post no blog.


1 dia antes


Organizar a sala: tome cuidado com o fundo e o enquadramento da transmissão. Procure organizar a sala onde vai apresentar o evento e garantir que todos os elementos necessários (caneta para escrever em um quadro, passador de slides, etc) estejam a mão.


Conferir a iluminação e o áudio: além disso, tenha cuidado com a iluminação do local. Evite que o ambiente fique muito escuro ou que o rosto do palestrante fique com excesso de iluminação. O mesmo vale para o áudio, teste o microfone antes para conferir se o som está saindo ok, sem ecos ou reverberações.


No dia do webinar


Testar a internet: você não quer correr o risco de ter seu webinar interrompido e prejudicado por causa de problemas com a conexão, certo? Por isso, teste bastante a sua rede antes da transmissão.


Enviar email para os Leads: no dia da transmissão envie um email com o link para o webinar. Procure enviar pelo menos uma hora antes do início para que todos possam ver a mensagem e acessar a página da transmissão.


Luz, câmera e ação: na hora marcada, inicie o webinar!


Interagir com os participantes: procure interagir com os participantes por meio de comentários na página e responda as perguntas enviadas ao vivo. É recomendável ter pelo menos uma pessoa para mediar essa conversa e monitorar o que está sendo falado.


Agradecer aos presentes: ao fim da apresentação, agradeça publicamente a todos os que participaram e dê os recados finais, como se os slides serão disponibilizados via email, por exemplo.


Responder as perguntas pendentes: responda os comentários deixados na página de transmissão para que todos os participantes tenham resposta.


Depois da transmissão


Enviar email para os participantes: envie um email com o link permanente para o vídeo no Youtube e com o link para os slides da apresentação (caso haja).


Fazer uma pesquisa: para saber o que o público achou do webinar, é possível criar um formulário de pesquisa gratuito e enviar para os Leads responderem. Assim você poderá fazer ajustes apontados por eles.


Atualizar textos que falam sobre a data de transmissão: você pode continuar gerando Leads com seu webinar. Basta disponibilizá-lo em uma Landing Page no seu site (ou atualizar a antiga, tirando o discurso de “ao vivo”). Não esqueça de atualizar também os textos dos emails de agradecimento.


Finalizando, o importante é sempre ir melhorando o processo. Com certeza alguma etapa a mais vai entrar ou sair desse passo a passo, mas o essencial é fazer tudo de maneira planejada para oferecer webinars cada vez mais incríveis para a sua audiência.










Fonte: Resultados Digitais


Posts Em Destaque